Mozefo Young Leaders debate desafios da juventude moçambicana rumo à liderança e transformação

1 de fevereiro de 2021

Num evento prestigiado e bastante concorrido – Mozefo Young Leaders – este ano realizado virtualmente devido às restrições impostas pela Covid-19 – a Vale e a Nacala Logistics deram a contribuição das empresas do grupo sobre os passos que Moçambique deve trilhar para chegar ao tão almejado desenvolvimento económico e social. Realizado entre os dias 10 e 14 de Agosto, também à margem do dia internacional da juventude, o fórum de debate de ideias, em jeito de lema do evento, # O Futuro Somos Nós, lançou um audacioso desafio à juventude para que assuma protagonismo em relação ao crescimento do país.

Com patrocínio da Vale Moçambique, desde 2017, Mozefo Young Leaders vem promovendo um espaço de inclusão dos jovens na discussão sobre o futuro do país. Trata-se de uma iniciativa que deriva do Fórum Económico e Social de Moçambique (Mozefo), o chamado grande fórum, de onde foi estabelecido o espaço dedicado aos jovens. Segundo explicou a organização do evento, a ideia central é promover a partilha de conhecimento e experiência através de debates com os oradores de referência e inspiradores.

Em representação da Vale, Leonardo Xerinda, Gerente de Planeamento, Geologia e Serviços Técnicos, na sua locução inicial, elogiou a plataforma Mozefo Young Leaders indicando que é por excelência um centro de exposição de referências que pode orientar os jovens moçambicanos a assumir a liderança e os destinos do país. Xerinda sublinhou ainda que, desde o início das operações, a Vale tem apostado na juventude, como exemplo indicou que anualmente a empresa tem lançado o  programa de estágio como forma de dar oportunidade à juventude recém-formada.

Num outro desenvolvimento, em representação da Nacala Logistics, Amad Nadir, Administrador de Carga Geral, que participou do debate sobre liderança para empreender, falou da atenção que as empresas do grupo dão às competências dos trabalhadores jovens moçambicanos, que absorvem 90% dos cargos de liderança. Nadir afirmou, ainda, que é importante que haja um ambiente competitivo entre os  colegas, porém de forma sadia, pois isso faz com que todos queiram ser melhores, e por consequência, as pessoas vão buscar mais conhecimento e aprendizado.

A edição do Mozefo Young Leaders deste ano contou com a participação de mais de 80 oradores, entre nacionais e estrangeiros, com destaque para antigos e actuais Chefes de Estado e de Governo, bem como agências das Nações Unidas. Fala-se em oradores provenientes, maioritariamente de Moçambique, mas com figuras de países como Brasil, Bélgica, Suíça e Portugal.